Bernardo comemora atuação e primeiro gol no Cruzeiro

O meia Bernardo, de 19 anos, teve muitas razões para comemorar na noite de quarta-feira, em sua sétima partida no Cruzeiro, a terceira como titular. Jogando com a camisa 10, ele foi um dos destaques na goleada por 7 a 0 sobre o Democrata, de Governador Valadares, pela última rodada do Mineiro.

AE, Agencia Estado

26 de março de 2009 | 10h57

Bernardo deu o passe para o gol de Gerson Magrão, sofreu dois pênaltis - converteu um deles, em seu primeiro gol como profissional -, cobrou o escanteio para o gol de Wanderley e participou indiretamente do gol de Ramires. Agora, a expectativa é de ter mais chances no clube.

"Fico feliz por ter jogado bem hoje e espero jogar mais ainda nos próximos jogos", disse Bernardo, que foi o artilheiro da Copa São Paulo, em janeiro, e já sonha com seu primeiro título como profissional.

"O Cruzeiro está de parabéns pela campanha que fez na primeira fase, com muitos gols. Continuamos sem perder e vamos manter isso para que a gente seja campeão. Agora é pensar na próxima fase. A gente já conhece a equipe do Tupi. É um time com muita qualidade, jogadores bons, e a gente tem que estar ligado para não ser surpreendido pela equipe deles", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.