Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Bernardo Silva é cortado e desfalca Portugal em duelo com a Polônia

Em comunicado, entidade não explicou motivos da dispensa e foi considerado 'indisponível' pelo departamento médico

Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2018 | 11h22

Já classificado às semifinais da primeira divisão da Liga das Nações, Portugal terá um importante desfalque na despedida da primeira fase do torneio da Uefa diante da Polônia, terça-feira, em Guimarães. Nesta segunda, a federação de futebol do país (FPF) anunciou o corte do meia Bernardo Silva, que, assim, retorna ao Manchester City.

Em breve comunicado, a entidade não explicou os motivos do corte, apenas informou que "na sequência de exames médicos e diagnóstico realizados pela Unidade de Saúde e Performance da FPF, o jogador Bernardo Silva foi considerado indisponível para o encontro frente à Polônia".

A tendência é que Bernardo Silva tenha sido poupado, diante da classificação já garantida de Portugal, uma vez que ele atuou normalmente ao longo dos 90 minutos diante da Itália, no sábado, em Milão. Além dele, o técnico Fernando Santos pode não contar com o goleiro Cláudio Ramos, que se ausentou do treino desta segunda e seria submetido a exames.

Para este confronto, o treinador já não teria o lateral Mário Rui e o meia Rúben Neves, que estão suspensos e foram liberados para retornarem a seus clubes. Portugal tem assegurada a liderança do Grupo 3 da Liga das Nações, enquanto a Polônia é a lanterna e já está rebaixada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.