Felix Ordonez/Reuters
Felix Ordonez/Reuters

Bert Van Marwijk deve assumir comando do Hamburgo

O ex-treinador da Holanda substituirá Thorsten Fink, que foi demitido por maus resultados

O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2013 | 12h12

SÃO PAULO - Com apenas 4 pontos conquistados, a situação do Hamburgo no Campeonato Alemão não é das melhores. Na 16ª posição, a equipe que sucumbiu por 2 a 0, no ultimo sábado (21) diante do Werder Bremen, deve anunciar o seu novo treinador na próxima quarta-feira. Ex-técnico da seleção holandesa, Bert Van Marwijk confirmou que já possui um acordo verbal com a diretoria e deve assumir o time ainda nesta semana.

Aos 61 anos, o comandante, que já dirigiu o Borussia Dortmund, entre 2002 e 2004, chega para ocupar a vaga de Thorsten Fink e deve assinar contrato até 2015, podendo ser extendido por mais um ano. "O Hamburgo me procurou logo após a demissão de Thorsten Fink. Nos reunimos durante a semana. Eu disse o que eu posso oferecer e eles me disseram que o que eles querem", disse Van Marwijk a uma emissora de TV holandesa.

"Hamburgo é uma cidade fascinante. O clube tem uma grande tradição e um bom estádio. Eu assisti o jogo contra o Werder Bremen e a equipe parece confusa", analisa. Ainda sem ter assinado contrato, ele assistirá a partida contra o Greuther Furth, pela Copa da Alemanha das arquibancadas. O Hamburgo jogará, nesta terça-feira, ainda sob as ordens do interino Rodolfo Cardoso.

Sendo confirmado, Bert Van Marwijk terá um velho conhecido seu no elenco. Capitão e grande astro do Hamburgo, o meia Rafael Van der Vaart estava entre os convocados da Holanda vice-campeã da Copa do Mundo, na África do Sul e também na Euro de 2012, quando a Oranje decepcionou e foi eliminada ainda na primeira fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.