Bulent kilic/AFP
Bulent kilic/AFP

Besiktas só empata com Monaco, mas continua perto de vaga nas oitavas

Equipe turca chega aos 10 pontos no Grupo G após empate por 1 a 1, dentro de casa

Estadão Conteúdo

01 Novembro 2017 | 17h06

O Besiktas perdeu uma ótima chance de garantir vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões nesta quarta-feira. Em casa, a equipe não passou de um empate por 1 a 1 diante do lanterna Monaco, pelo Grupo G, e terá que esperar para confirmar a classificação à próxima fase do torneio europeu.

+ Chapeconse é indicada para concorrer ao Prêmio Laureus, o 'Oscar do Esporte'

O resultado levou o clube turco a 10 pontos, à frente de RB Leipzig, com quatro, e Porto, com três, que ainda se enfrentam nesta quarta, em Portugal. Caso o time alemão surpreenda e vença fora de casa, garantirá o Besiktas nas oitavas de final com duas rodadas de antecipação. O Monaco, por sua vez, chegou a dois pontos, segue na lanterna, mas ainda tem esperança de classificação.

Em Istambul, foi o Monaco que começou melhor nesta quarta. E em meio a um primeiro tempo de poucas emoções, abriu o placar aos 45 minutos, depois de perder boas chances com Tielemans e Marcos Lopes. O brasileiro Adriano, ex-Barcelona, errou na saída de bola, o adversário retomou e Lopes aproveitou para arriscar da meia-lua, no canto direito do goleiro.

O gol obrigou o Besiktas a deixar a defesa e o segundo tempo mudou completamente de cenário. Logo aos sete minutos, Quaresma recebeu pela direita no contra-ataque e cortou o lateral brasileiro Jorge, que o derrubou com um carrinho. O árbitro marcou pênalti, que Tosun bateu com categoria para empatar.

Embalado, o Besiktas seguiu em cima e perdeu grande chance aos 12, quando Ryan Babel foi lançado em velocidade, conseguiu driblar o goleiro e deixou para Quaresma, que bateu da entrada da área com o gol vazio, mas jogou por cima. A resposta do Monaco veio com Raggi e Glik, mas a mira de ambos falhou na hora da definição.

Como o empate não interessava a nenhum dos dois, ambos se lançaram ao ataque e a partida ficou aberta. Pelo Besiktas, o egoísmo de Babel e Quaresma, que se negaram a tocar para o outro em momentos distintos, impediu a virada. Já do lado do Monaco, a melhor chance aconteceu aos 47, quando Keita Balde recebeu sozinho na área mas finalizou em cima do goleiro Fabri.

A quinta rodada do Grupo G da Liga dos Campeões está marcada para o dia 21 de novembro. O Besiktas vai atuar novamente em casa, desta vez diante do Porto, enquanto o Monaco vai receber o RB Leipzig no principado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.