Leandro Boeira/Ava
Leandro Boeira/Ava

Betão, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, anuncia aposentadoria aos 38 anos

Ídolo do Avaí, ele assume como coordenador técnico das equipes sub-17 e sub-20 do clube catarinense

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2022 | 15h40

O zagueiro Betão, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, anunciou sua aposentadoria do futebol nesta quarta-feira, aos 38 anos. Ele deixa os gramados para assumir um cargo nas categorias de base do Avaí, clube no qual atuava desde 2016 e onde é ídolo. A convite do presidente Júlio César Heerdt, ele seguirá como coordenador técnico das equipes sub-17 e sub-20. 

“Fiz parte de muitas conquistas, muitos momentos históricos aqui no Avaí, sem dúvida que fica uma saudade grande, mas o sentimento é de dever cumprido. Fica um grande carinho pelo clube, pelo torcedor e fico feliz em poder deixar esse legado”.

Com a transição para o trabalho de extra-campo, o agora coordenador técnico ressalta como o Avaí vem crescendo nos últimos anos e como ele pretende contribuir para essa caminhada de evolução. “Cheguei em uma situação bem diferente, o Avaí hoje é outra coisa. Tem outra estrutura de trabalho, condições muito melhores. O grau de profissionalismo e o cuidado para investir em melhoria dão a perspectiva de um grande futuro ao clube. Quero aproveitar a minha identificação para ajudar a construir desde o início esse DNA avaiano nos nossos jovens das categorias de base”, avalia.

“O Betão está trocando de profissão. Ele deixa de vestir a nossa camisa em campo para vestir a nossa camisa como um gestor do clube, como uma pessoa que vai emprestar a sua experiência e o seu exemplo, o seu caráter, esforço e dedicação agora na formação dos atletas do Avaí. Ele vai ser mais um elemento dentro do clube para que a gente consiga formar e materializar o DNA Avaiano desde a formação da base e vai assumir a função de coordenador técnico do Sub-20 e Sub-17. Eu fiquei muito feliz que ele aceitou o convite”, declarou o presidente Heerdt.

Revelado pelo Corinthians, Betão fez parte do histórico time da "era MSI", que contava com astros como Carlos Tevez, Roger Flores, Nilmar e Carlos Alberto e faturou o Brasileirão de 2005. Anteriormente, ele conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil pelo time alvinegro. Ele também esteve presente no rebaixamento do clube para a segunda divisão, ocorrido dois anos depois. 

O jogador também passou pelo Santos antes de iniciar sua carreira na Europa, onde atuou durante sete temporadas pelo Dínamo de Kiev. Com o time ucraniano venceu dois campeonatos nacionais, uma Copa e uma Supercopa da Ucrânia. O brasileiro ainda defendeu as cores do modesto Évian, da França, antes do regresso ao Brasil, quando acertou com o Avaí, conquistando por duas vezes o Estadual. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.