Betão diz que derrotas evidencia erros do Santos

Zagueiro acredita que equipe tem falhado também nas vitórias; Fábio Costa diz que falta constância

Tercio David, estadao.com.br

01 de março de 2008 | 20h53

O Sertãozinho pôs fim a escalada do Santos no Campeonato Paulista. O time da Vila Belmiro, que havia vencido as duas últimas partidas (3 a 1 sobre o Guarani e 4 a 1 sobre o Ituano), ambas em casa, perdeu por 1 a 0 e voltou a preocupar alguns jogadores, como o zagueiro Betão.  Veja também: Sertãozinho vence e interrompe série do Santos  "Tivemos algumas dificuldades, principalmente no segundo tempo, quando tivemos que sair para buscar o empate", explicou o camisa 6, que fez questão de lembrar que as falhas do time continuam as mesmas. "Do mesmo jeito que a vitória esconde muitas falhas, a derrota faz estes erros aparecerem", analisou Betão, na saída do gramado. Após o jogo, o goleiro Fábio Costa tentou encontrar um motivo pela derrota. "Não podemos tomar um gol deste jeito, com vários jogadores do Santos e poucos do Sertãozinho", disparou o camisa 1, provocando indignação de Betão. "Não foi bem assim. O que não podemos é deixar quatro jogadores deles livres na entrada da área. Isto foi um erro que não pode se repetir." Fábio Costa ainda chamou a atenção para a falta de consistência do time no Paulistão. "São vários fatores [que têm prejudicado o time], principalmente a confiança. O Santos não consegue manter um padrão. Tem dia que joga bem e faz um monte de gols e tem dias que não joga. Precisamos melhorar isto." NADA A DECLARARNem os jogadores e nem o técnico Emerson Leão estiveram na entrevista coletiva programada para depois do jogo deste sábado. O Santos deixou o estádio e foi direto para o aeroporto para pegar vôo de para São Paulo e, na seqüência, retorna a Santos. O time volta a campo na terça-feira, diante do Chivas, pela Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.