Betis ameaça multar atraso de Ricardo Oliveira

A dois dias da decisão da Copa Libertadores da América, o Betis continua fazendo duro com o São Paulo e ameaçando impedir a escalação de Ricardo Oliveira na partida contra o Inter.O atacante, cujo contrato com o time do Morumbi terminou na última quinta-feira, deveria ter se reapresentado ao clube espanhol, dono de seus direitos federativos, no último sábado, dia do início da intertemporada. Mas o jogador permaneceu em São Paulo, treinando para a final do torneio sul-americano.O presidente do Betis, José León Gomez, revelou que o contrato de empréstimo com o São Paulo estipula uma multa de 1 milhão de euros por dia de atraso na reapresentação do jogador ao clube espanhol. Os dois clubes seguem negociando a prorrogação do empréstimo de Oliveira por mais uma semana para que ele possa atuar na segunda partida da final da Libertadores. O São Paulo, inclusive, enviou dois emissários a Sevilha para discutir o assunto com os espanhóis. O empresário do jogador, Roberto Assis - irmão de Ronaldinho Gaúcho -, também está envolvido na questão. A definição deve sair nesta quarta-feira.Oliveira afirmou nesta segunda ao diário espanhol As "que não sabe quando voltará ao Bétis e que seu agente está resolvendo a situação".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.