Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Beto cria nova polêmica no Flamengo

Após as faltas do atacante Edílson a dois treinos, mais um problema atormenta o Flamengo às vésperas da final da Copa Mercosul, que começa na próxima quarta-feira, com a partida contra o San Lorenzo, no Maracanã. Desta vez foi o meia Beto, que disse nesta sexta-feira que alguém adulterou seu contrato para que ele não tenha direito ao passe livre no fim do ano.Segundo Beto, passaram uma tinta branca no local da data do vencimento da documentação. Ele revelou que seu contrato termina dia 31 de dezembro de 2001, e não no dia 31 de janeiro de 2002, como está na documentação adulterada. O jogador, no entanto, não acusou ninguém.Beto não deverá permanecer no Flamengo na próxima temporada. Para acabar com a polêmica, o vice-presidente de futebol do clube, Wálter Oaquim, garantiu que, apesar da rasura no documento, o jogador não terá prejuízo algum.Time - O goleiro Júlio César, que tinha sofrido uma torção no tornozelo esquerdo, voltou a treinar nesta sexta-feira e praticamente garantiu presença na partida decisiva da Mercosul. Beto também participou normalmente das atividades físicas e não será problema para o técnico Carlos Alberto Torres. O treinador, aliás, pediu, por meio da imprensa, que a diretoria do Flamengo entre na disputa pela contratação do atacante Romário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.