Beto deve ser punido por bebedeira

O meia Beto, do Flamengo, deve ser punido pela diretoria rubro-negra por ter se apresentado embriagado para a viagem à Curitiba, na terça-feira, onde o time enfrentaria o o Coritiba, pela Copa do Brasil. "Vamos discutir o assunto em um momento oportuno. Não posso perturbar a equipe em uma hora de decisão", afirmou o presidente do clube, Edmundo Santos Silva.Apesar da explicação, o presidente do Flamengo não gostou da atitude do meia. O mais provável é que seja aplicada uma multa sobre o salário do jogador, mas a possibilidade de afastamento do elenco não está descartada. Beto é reincidente, pois já se envolveu em um episódio em que foi visto embriagado.Em 1999, ele tentou agredir um fotógrafo, que tentava tirar uma foto sua bebendo, em uma boate na zona sul do Rio. O fotógrafo deu queixa na delegacia e Beto foi intimado a depor. Quando deixou a delegacia, o jogador mal conseguia andar por causa do efeito do álcool e evitou que as câmeras o filmassem.O técnico Zagallo tentou minimizar o problema, afirmando que teria reconhecido se o jogador estivesse bêbado. Apesar de seus desmentidos, todos os presentes no embarque da delegação rubro-negra perceberam o hálito de Beto, que cheirava à alcool. Pior: ao tentar dar entrevistas, o jogador não conseguia articular duas frases que fizesse sentido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.