Beto ganha força no Corinthians

Passada a tristeza após a derrota para o Santos na final do Campeonato Brasileiro, os bastidores do Corinthians estão agitados por causa da formação do grupo de jogadores para a temporada 2003. E quem encabeça a lista de contratações é o meia atacante Beto, que disputou o último Nacional pelo Fluminense.O técnico Carlos Alberto Parreira mantém seguidas reuniões com o vice-presidente de Futebol do clube, Antonio Roque Citadini, e com o gerente de Futebol, Edvar Simões, para analisar nomes. Além de Beto, definiu-se que pelo menos outros três atletas reforçarão o elenco. As conversas estão bastante adiantadas também com o atacante Márcio, do Paraná, e com o meia Jorge Vagner, do Cruzeiro. Nesta segunda-feira, dirigentes da Portuguesa disseram ter sido procurados por colegas corintianos, interessados na contratação do atacante Ricardo Oliveira. Seu "passe" está estipulado em US$ 8,5 milhões.Na defesa, Parreira deve manter Fábio Luciano e Anderson como titulares. Um terceiro zagueiro chegaria apenas como opção. Já a situação de Doni permanece indefinida. A maioria diz acreditar que o jogador tem potencial, porém lhe faltaria carisma para vestir a camisa 1 do Corinthians. O nome de Júlio César, do Flamengo, continua sendo estudado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.