Bielsa prepara mudanças na Argentina

O técnico Marcelo Bielsa já planeja mudanças na Argentina para o jogo contra a Venezuela, terça-feira, em Caracas. O empate por 2 a 2 em casa, sábado, diante do Chile, desagradou os argentinos ? apesar do ataque ter funcionado, a defesa se mostrou muito vulnerável. E este setor, com certeza, trará novidades, já que o zagueiro Walter Samuel foi expulso na estréia. Também o meio-campista Hermán Crespo poderá ficar de fora, este por não atravessar um bom momento. Muito criticado após o tropeço, Bielsa diz ter várias opções para o lugar de Samuel. O técnico vai escolher o substituto entre Diego Placente, Facundo Quiroga, Daniel Díaz e Gustavo Heinze, todos que atuam fora da Argentina.Outra dúvida é sobre a manutenção ou não de Crespo entre os titulares. Bielsa o considerou ?apagado? contra o Chile. A opção seria começar a partida com Saviola, que já substitui Crespo no segundo tempo do empate em Buenos Aires. ?O 2 a 2 da estréia não foi bom, mas teve um sabor ainda mais amargo para algumas pessoas?, reconheceu. Hostilizado pela torcida, que ainda o considera um dos principais culpados pela derrota para a Inglaterra e conseqüente eleminação da Copa do Mundo de 2002 (atuava no Manchester United, de onde se transferiu para o Chelsea), Juan Sebastian Veron foi outro que acabou deixando o campo mais cedo no sábado e preocupa Bielsa para a segunda rodada ? deu lugar a Almeida. ?Sabemos que a Venezuela vem de derrota, mas diante de sua torcida tende a crescer e até pode tentar complicar nosso jogo?, adverte o técnico. Sabor de vitória ? Para os chilenos, a estréia foi das mais animadoras. A surpresa, segundo o jornal La Nación, mostrou que o ?Chile não está morto?. O que mais anima o técnico Juvenal Olmos é que o jogo com o Peru será em casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.