Bielsa segue no comando da Argentina

Apesar da desclassificação na primeira fase da Copa do Mundo da Ásia, Marcelo Bielsa permanecerá no comando da seleção da Argentina. O anúncio foi feito nesta terça-feira à noite pelo diretor do San Lorenzo, Pacual Paladino, após reunião do Comitê Executivo da Associação de Futebol Argentino (AFA). Bielsa, de 47 anos, reassumirá seu cargo na terça ou quarta-feira da semana que vem, quando será organizada uma entrevista coletiva. Seu contrato é de três anos, até o fim das eliminatórias para a Copa de 2006, e seu salário será de US$ 23 mil. O primeiro amistoso da Argentina está previsto para 20 de novembro, contra o Japão, que é dirigido por Zico.

Agencia Estado,

13 Agosto 2002 | 22h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.