Ina Fassbender/Reuters - 01/07/2010
Ina Fassbender/Reuters - 01/07/2010

Bierhoff diz que não é hora de falar sobre capitão da Alemanha

'Michael Ballack ainda é o capitão, e Philipp é o capitão na Copa do Mundo', afirma o diretor esportivo da seleção alemã

EFE,

06 de julho de 2010 | 10h20

O diretor esportivo da seleção alemã, Oliver Bierhoff, declarou que "não é hora de falar sobre quem é o capitão" da equipe, na véspera da semifinal contra a Espanha na Copa do Mundo.

Veja também:

linkLahm quer seguir como capitão da Alemanha, mesmo se Ballack voltar

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

A lesão que tirou Michael Ballack do Mundial fez com que a braçadeira de capitão fosse para o lateral-esquerdo Philip Lahm, o qual disse ontem que gostaria de manter o posto.

Antes de partir para Durban, onde Alemanha e Espanha lutarão amanhã por uma vaga na final, Bierhoff afirmou que o momento não é o ideal para falar dessas questões.

"Qualquer debate é desnecessário. É algo que não afeta a presente semana. Agora temos que nos estabilizar para ter êxito nas duas últimas partidas. Todo o resto deve ser deixado para mais adiante. Afinal de contas, é uma decisão do técnico", observou Bierhoff na entrevista coletiva concedida em Erasmia.

Segundo o diretor esportivo, "Michael Ballack ainda é o capitão, e Philipp é o capitão na Copa do Mundo".

Lahm disse ontem que "certamente" gostaria de ficar com a braçadeira depois do Mundial. "Não vou cedê-la voluntariamente. A decisão corresponde ao técnico", disse o lateral.

Ballack, que estava na África do Sul assistindo ao Mundial, retornou ontem para a Alemanha sob a justificativa de que poderia se recupera melhor de sua lesão na Europa.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.