Bilheteria em jogos de times brasileiros dá lucro irrisório

Estudo mostra que média de lucro nas partidas do Brasil em 2013 é de R$ 121 mil por confronto

O Estado de S. Paulo

18 de fevereiro de 2014 | 13h44

SÃO PAULO - O pequeno público nos estádios torna-se mais evidente quando se conhece as margens irrisórias de lucro que os clubes brasileiros têm nas bilheterias. Nesta terça-feira, trabalho da Pluri Consultoria mostra que a arrecadação nos 3.940 jogos envolvendo clubes do País em 2013 foi de R$ 475 milhões, o que significa dizer que 80% das partidas deram prejuízos.

A empresa avaliou jogos das quatro divisões do Campeonato Brasileiro, além das competições estaduais e internacionais envolvendo times brasileiros, num total de 34 competições. Com média de R$ 121 mil de arrecadação por partida, o ingresso custou em torno de R$ 25,83. Para efeito de comparação, 15 jogos do Super Bowl (final da NFL, o futebol norte-americano ) ou menos de 50 partidas da Liga dos Campeões equivalem à renda anual que foi arrecadada nos 3.940 jogos registrados na pesquisa.

Jogos de competições internacionais, como Libertadores, Sul-Americana e Recopa foram os que mais geraram lucro nos estádios de futebol. Com média de R$ 1,34 milhão arrecadado por jogo, o valor foi 11 vezes superior à média nacional. Torneios no próprio País como as quatro divisões do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil vêm logo atrás, com R$ 215 mil por partida. Os jogos que mais causam prejuízos são as competições estaduais. Somando os ingressos vendidos dos 26 torneios, chega-se a média de R$ 49 mil de arrecadação por partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.