AP
AP

Bilionário dono do Manchester United morre aos 85 anos

Malcolm Glazer também era dono de equipe do futebol norte-americano

AP, Agência Estado

28 de maio de 2014 | 17h53

MANCHESTER- Faleceu nesta quarta-feira, aos 85 anos, o bilionário norte-americano Malcolm Glazer, que era proprietário do Manchester United e transformou o clube inglês no mais rico do mundo. A morte foi confirmada pelo Tampa Bay Buccaneers, time de futebol norte-americano, da NFL, do qual ele também era dono.

Glazer comprou a franquia da Flórida em 1995 e a levou sete vezes aos playoffs da NFL. Em 2002, a equipe chegou pela primeira e única vez da sua história ao Super Bowl. "Conhecido entre os seus pares da liga como um pensador pioneiro, Glazer influiu sua equipe e seus colaboradores com a determinação e dedicação para ser o melhor na NFL", diz texto publicado no site do Buccaneers.

Em 2005, Glazer resolveu se arriscar no futebol e comprou o Manchester United, apesar das críticas da torcida. Sob seu comando o clube conquistou o Campeonato Inglês cinco vezes (2007, 2008, 2009, 2011 and 2013), tendo vencido também a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes em 2008.

Empresário, Glazer herdou os negócios do pai e montou um império estimado pela Forbes em 4 bilhões - assim, era a 356.ª pessoa mais rica do mundo, segundo a revista. A sua principal empresa, a First Allied Corporation, é dona de 17 shoppings centers por todo os Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester United

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.