Bill pede desligamento e Botafogo confirma rescisão de contrato com atacante

O atacante Bill não é mais jogador do Botafogo. Em má fase dentro de campo e com problemas particulares fora dele, o atleta pediu para deixar o clube alegando proposta de um clube do exterior. Bill não participou do treino da manhã desta segunda-feira e à tarde o clube publicou nota confirmando a sua saída.

Estadão Conteúdo

29 de junho de 2015 | 18h15

"O Botafogo de Futebol e Regatas informa que, em comum acordo entre as partes, Bill não faz mais parte do elenco profissional. O clube e o jogador optaram pela rescisão contratual. O atacante foi liberado dos treinos desta segunda e terça-feira para resolver problemas particulares. A rescisão de contrato será oficializada na quarta", informou o comunicado.

Na derrota para o Macaé, no último sábado, Bill foi substituído e acabou bastante vaiado pela torcida alvinegra. Irritado, ele teria feito gestos obscenos a alguns torcedores na saída para o vestiário. Com problemas particulares, o atacante já admitiu que não vem conseguindo se concentrar nos jogos. Titular nas nove partidas que o time carioca fez na Série B do Campeonato Brasileiro, Bill marcou apenas dois gols.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoBill

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.