Biro Biro não enfrenta o Avaí e pode não mais jogar pela Ponte Preta

Após um dia de folga depois do empate com o Flamengo no último domingo, a Ponte Preta se reapresentou nesta terça-feira com dois desfalques para enfrentar o Avaí, sábado, no Moisés Lucarelli. Borges e Biro Biro levaram o terceiro amarelo no empate com o Flamengo e estão fora da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2015 | 20h05

Destaque do time na temporada, Biro Biro, aliás, pode ficar fora da última rodada também, já que foi denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ser um dos protagonistas da confusão no Beira-Rio, na partida diante do Internacional, há duas rodadas, quando a Ponte reclamou de falta de fair play no gol colorado.

A pena mínima é de dois jogos. Se punido, o atacante encerra sua passagem por Campinas, já que seu contratado de empréstimo termina no final de dezembro e o Fluminense quer aproveitá-lo em 2016.

Diego Oliveira, personagem na última rodada pela atuação na linha com um gol e também por ter atuado improvisado como goleiro nos minutos finais, deve ser o substituto de Biro Biro.

A lista de baixas tem a possibilidade de aumentar ao longo da semana. Isso porque o zagueiro Renato Chaves, assim como Biro Biro, será julgado na quarta-feira pela confusão no Beira-Rio após a derrota por 1 a 0 para o Internacional, e pode pegar um gancho de dois a seis jogos.

Com 51 pontos, em nono lugar, a Ponte Preta vai visitar o Avaí e encerra sua temporada contra o Sport, em Campinas, na última rodada. A meta da comissão técnica é somar, pelo menos, quatro pontos nestes dois jogos e chegar aos 55.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.