Bismarck promete rápida readaptação

O Fluminense apresentou na manhã desta sexta-feira o seu novo reforço: o atacante Bismarck, de 32 anos, que alugou o seu passe ao clube até dezembro. Ele atuava no futebol japonês há nove anos. "No Japão, o futebol é mais rápido, enquanto no Brasil jogamos de forma mais cadenciada", analisou o jogador. "A técnica dos brasileiros, porém, é muito superior."Bismarck acredita que não terá dificuldades para se readaptar ao futebol brasileiro. O atacante ainda frisou que a saudade da família e a sua "boa" relação com o superintendente de futebol do Fluminense, Paulo Angioni, foram os principais motivos que o levaram a aceitar a proposta do clube.Parado há cerca de 40 dias, Bismarck precisará aprimorar a forma física antes de estrear no Flu. "Acho que vou ter de treinar por uns 20 dias separado do resto do grupo", disse o jogador.

Agencia Estado,

25 de janeiro de 2002 | 19h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.