Blatter admite prejuízo para a Fifa

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, admitiu que a falência da ISL causou prejuízo de US$ 28,5 milhões para a operação de marketing da Copa de 2002. Este foi o único fato comprometedor que o dirigente foi obrigado a responder hoje, em interrogatório de 25 perguntas organizado por seu rival, Lennart Johansson, presidente da Uefa. Em nenhum momento foi cogitada a hipótese de uma votação de confiança, que poderia ameaçar seu cargo.

Agencia Estado,

13 de junho de 2001 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.