Blatter anuncia que tentará a reeleição no comando da Fifa

O presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, encerrou, nesta quinta-feira, o 56.º Congresso Técnico da Fifa, em Munique, anunciando que tentará, mais uma vez, a reeleição à presidência da entidade máxima do futebol. O pleito acontecerá no próximo ano e Blatter concorrerá ao terceiro mandato consecutivo. O suíço está no poder desde 1998, quando assumiu no lugar do brasileiro João Havelange."Anuncio a todos que me apresento novamente como candidato em 2007", disse Blatter, que estava junto com o alemão Franz Beckenbauer e o inglês Bobby Charlton na mesa central do Congresso Técnico da entidade. Presidentes de federações nacionais, como o espanhol Angel María Villar, já manifestaram seu apoio ao dirigente suíço.Outro ponto acertado no congresso foi a modificação do estatuto da Fifa para a adaptação ao Código da Agência Mundial Antidopagem (AMA), que rege as leis para casos de doping em todo o mundo. O acerto põe fim a uma discussão que já durava muitos meses. "Em princípio, haverá agora (no código de disciplina da Fifa) uma suspensão de dois anos na primeira infração e, no caso de reincidência, suspensão para o resto da vida", disse o escocês David Will, um dos vice-presidentes da entidade.O Congresso Técnico também definiu a criação de uma Comissão de Ética, que trabalhará em casos de racismo e corrupção no futebol e terá o poder de definir punições aos envolvidos. Além disso, ficou acertado que, em Jogos Olímpicos, as seleções usarão jogadores até 23 anos com a permissão de utilizar até três atletas acima desta idade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.