Steffen Schmidt/EFE
Steffen Schmidt/EFE

Blatter comanda reunião de emergência da Fifa após prisões

Webb e Figueredo integram comitê, mas estão detidos

Mike Collett, REUTERS

28 de maio de 2015 | 09h03

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, comandou uma reunião de emergência com representantes das seis confederações continentais nesta quinta-feira após a prisão de dirigentes do futebol mundial, incluindo dois vice-presidentes da federação internacional, em Zurique, na véspera. O comitê de emergência da Fifa raramente se reúne, e dois de seus membros nomeados, Jeffrey Webb, presidente da Concacaf, e Eugenio Figueredo, presidente da Conmebol, não compareceram ao encontro por estarem entre os presos na quarta-feira.

"Houve uma reunião com o presidente e representantes das confederações para discutir a atual situação", disse um representante da Fifa, que pediu para não ser identificado.

A reunião ocorreu um dia antes de o Congresso da Fifa eleger o próximo presidente da entidade. Blatter, que busca seu quinto mandato, vem resistindo a pedidos da Uefa para adiar a eleição por seis meses. Nesta quinta, a Uefa desistiu de sua intenção de boicotar a eleição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.