Blatter diz que futebol argentino pode estar em crise

Os problemas de Diego Maradona na seleção argentina e o fracasso ao não conseguir a classificação para o Mundial Sub-20 poderiam significar que o futebol do país atravessa uma "crise", na opinião de Joseph Blatter, presidente da Fifa.

AE, Agencia Estado

24 de setembro de 2009 | 17h41

A Argentina ganhou os dois últimos mundiais de juniores e três dos quatro mais recentes com estrelas como Lionel Messi, Sergio Aguero e Javier Saviola, mas não se classificou para a competição, que começou a ser disputada nesta quinta-feira no Egito.

Já a seleção principal, dirigida por Maradona, está na quinta colocação nas Eliminatórias sul-americanas e perdeu os três últimos jogos. "Quando jogaram o campeonato [sul-americano sub-20], não puderam se classificar entre as quatro melhores equipes. Isso é um fato", disse Blatter.

Para o dirigente, as dificuldades recentes podem ser um sinal de crise na Argentina. "Também estão tendo muitos problemas para estarem no próximo ano na África do Sul. Talvez seja um sinal de que este país dominante no futebol de juniores, e também no futebol de adultos, atravessa uma pequena crise", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArgentinaJoseph Blatter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.