Blatter e Correa inauguram sede da seleção equatoriana

O mandatário da Fifa, Joseph Blatter, e o presidente do Equador, Rafael Correa, participaram nesta segunda-feira da inauguração da nova sede da seleção equatoriana de futebol, em Quito.

AE-AP, Agência Estado

22 de novembro de 2010 | 17h39

A obra teve custo total de US$ 7 milhões e está localizada em um terreno de sete hectares. A nova sede conta com três campos - dois de tamanho oficial - e mais outro de grama sintética, além de 35 quartos, ginásio e piscina.

"Este é um dia histórico para a cidade de Quito, ao inaugurar a nova casa da seleção. É uma casa para uma seleção, uma casa para uma federação, uma casa para uma família. É excepcionalmente importante, porque quando temos uma casa sabemos aonde podemos ir", elogiou Blatter, que chegou no Equador no sábado, para acompanhar as últimas partidas do Sul-Americano de futebol feminino, vencido pelo Brasil.

Também participaram da inauguração nesta segunda-feira Julio Grondona, vice-presidente da Fifa e mandatário do futebol argentino, e Nicolás Leoz, presidente da Conmebol.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBlatterRafael CorreaEquador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.