Blatter garante que Japão sediará Mundial de Clubes

Joseph Blatter disse estar seguro de que o Japão conseguirá realizar o Mundial de Clubes neste ano, como previsto. O presidente da Fifa esteve em Tóquio nesta segunda-feira para se reunir com dirigentes do futebol japonês, que garantiram ao suíço que o país pode receber o torneio entre 8 e 18 de dezembro, apesar das preocupações sobre os altos níveis de radiação após o terremoto, seguido por um tsunami, ocorrido em 11 de março.

AE-AP, Agência Estado

23 de maio de 2011 | 13h50

"Estamos confiantes de que o Japão pode organizar esta competição", disse Blatter. "Nós olhamos para frente com confiança e otimismo que este torneio será bom", completou Blatter, que recebeu garantias de Junji Ogura, presidente da Associação de Futebol do Japão, que a segurança não será uma preocupação.

Vários eventos esportivos internacionais, incluindo o Mundial de Patinação Artística, foram cancelados após o terremoto, que provocou um tsunami e uma crise nuclear na usina Dai-ichi, em Fukushima, que fica 241 quilômetros ao norte de Tóquio. O vazamento de radiação levou à evacuação de milhares de moradores próximos da planta, e a luta para conter os danos deve continuar no próximo ano.

O Japão já sediou a competição, que reúne os campeões continentais, entre 2005 e 2008. Os dois últimos torneios foram realizados nos Emirados Árabes Unidos. Blatter também se reuniu com o primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, neista segunda-feira, durante sua passagem por Tóquio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.