Blatter nega que deixará comando da Fifa antes do fim do mandato

O presidente da Fifa, Sepp Blatter, usou nesta quarta-feira o Twitter para negar que vá deixar o cargo antes do fim de seu mandato. Ele disse ainda que não fez um acordo para que Michel Platini o substitua.

REUTERS

14 de setembro de 2011 | 13h05

"A sugestão de que eu pretendo interromper meu mandato de quatro anos antes de seu término é simplesmente ridícula", escreveu Blatter, de 75 anos, no Twitter.

"A sugestão de um relato de 'acordo' entre mim e Michel Platini para a presidência da Fifa é puro nonsense."

Blatter foi reeleito para um quarto mandato em junho, o que o manterá no cargo até 2015. Ele vem dizendo que não disputará novo mandato depois disso.

Platini, ex-capitão da seleção francesa e atual presidente da Uefa, é de modo geral visto como um possível sucessor a Blatter. Seu mandato também se encerra em 2015.

(Reportagem de Brian Homewood)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIFABLATTER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.