Blatter reitera confiança na África do Sul para Copa de 2010

Presidente da Fifa diz que país certamente será capaz de sediar o evento pela primeira vez em sua história

EFE,

17 de julho de 2008 | 19h41

O suíço Joseph Blatter, presidente da Fifa, expressou novamente sua confiança de que a África do Sul será capaz de cumprir o papel de sede da Copa do Mundo de 2010.Veja também: Brasil é plano B da Fifa para Copa de 2010, diz jornalEm videoconferência em homenagem aos 90 anos do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, ele afirmou que acredita que o país será capaz de sediar o evento pela primeira vez na história graças à sua "determinação, força e dignidade"."A Fifa acredita firmemente que a África do Sul estará à altura do grande desafio que a Copa de 2010 representa, e conseguirá com grande determinação, força e dignidade", comentou.As palavras de Blatter desmentem os recentes boatos de que o Brasil poderia receber a competição logo em 2010, dando aos sul-africanos a chance de se prepararem mais para 2014.Blatter lembrou o compromisso assumido por Mandela e sua emoção após saber que a África do Sul seria sede da Copa, além de agradecer o trabalho do ex-presidente em prol dos direitos humanos e a democracia."Ele é um exemplo de esforço e um símbolo da humanidade", destacou o dirigente. O suíço lembrou ainda que Mandela foi premiado com o Nobel da Paz de 1993 por lutar incansavelmente pela liberdade. "Não só a de seu povo, mas a de toda humanidade", completou.O vídeo será transmitido quinta-feira na África do Sul e também estará disponível no site da Fifa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.