Blatter se diz desapontado com desempenho da África do Sul

O presidente da Fifa, SeppBlatter, disse na segunda-feira que está profundamentedecepcionado com os recentes resultados da África do Sul edisse que é hora da seleção do país-sede da próxima Copacomeçar a ser competitiva. Blatter, que faz uma visita de quatro dias para se reunircom líderes políticos e inspecionar a construção de estádios,disse que a África do Sul tem de produzir um time que possa sedefender das principais nações com tradição no futebol. "Estou muito desapontado porque, desde 2004, quando aÁfrica do Sul ganhou o direito de sediar a Copa do Mundo, osresultados de sua seleção não foram bons", afirmou. "A África do Sul ganhou a Copa das Nações Africanas em1996, mas só com um milagre, o que não acontece muito nofutebol, ela conseguirá se qualificar para o torneio de 2010. "Posso entender por que isso aconteceu", disse ele em uminforme à imprensa depois de uma visita ao estádio Ponto Verde,na Cidade do Cabo. "Amanhã, vou falar abertamente com os líderes do futebolsul-africano, em linguagem simples, e dizer a eles que estãoficando sem tempo. Essa é a última chance. "Eles precisam fazer alguma coisa, eles precisam se mexer",acrescentou. A derrota da África do Sul para a Nigéria, no começo domês, deixou o time com poucas chances de se classificar para asfinais da Copa das Nações Africanas de 2010, em Angola. Osul-africanos também foram derrotados por Pápua Noa Guiné, emum amistoso na última terça-feira. A África do Sul, que trocou de técnico 15 vezes em 16 anosdesde que voltou ao ranking da Fifa, tem despencado naclassificação. Depois do título africano, quando a equipeestava em 16o lugar, caiu para 70o. Neste ano, os chamados Bafana Bafana ganharam apenas uma emoito partidas, diante da frágil equipe da Guiné Equatorial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.