AFP
AFP

Blatter vendeu direitos de TV por 5% do valor de mercado a dirigente

Negociação entre os mandatários da Fifa teria ocorrido em 2005

O Estado de S. Paulo

12 de setembro de 2015 | 13h08

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, foi acusado na noite da última sexta-feira, 11, de ter vendido os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2010 e 2014 por apenas 5% do valor de mercado ao então vice-presidente da Fifa e presidente da CONCACAF, Jack Warner. A denúncia foi feita pelo SFR, um canal televisivo público da Suíça.

Na ocasião, em 2005, o então presidente da entidade que organiza o futebol na América Central e no Caribe teria pago uma quantia equivalente a 250 mil dólares (R$ 967 mil) pelos direitos de transmissão da Copa da África do Sul, em 2010, e 350 mil dólares (R$ 1,35 milhões) pela realizada no Brasil, em 2014.

O preço negociado entre os dirigentes seria o equivalente a apenas 5% do valor de mercado dos direitos, disse ao programa o australiano Jamie Fuller, promotor da organização 'New Fifa Now', grupo que luta por uma gestão mais transparente na entidade máxima do futebol.

Jack Warner é acusado pela Justiça americana de corrupção e lavagem de dinheiro. O ex-dirigente foi preso neste ano em Trinidad e Tobago, seu país natal, mas foi solto a partir do pagamento de fiança. Os EUA já solicitaram sua extradição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.