Arquivo/AE
Arquivo/AE

BNDES investe R$ 6 mi na construção do Museu Pelé

Obra terá um custo total de R$ 20 milhões e será construída no Centro Histórico de Santos

REJANE LIMA, Agencia Estado

20 de agosto de 2009 | 19h34

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai investir R$ 6 milhões na construção do Museu Pelé, no Centro Histórico de Santos. O contrato de apoio financeiro não reembolsável (patrocínio) será assinado nesta sexta-feira no Rio de Janeiro. A cerimônia deverá contar com a presença do Presidente do BNDES, Luciano Coutinho, do Prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa (PMDB), e do próprio Pelé.

Com custo estimado de R$ 20 milhões, o projeto chega a quase R$ 8 milhões em recursos captados. "Em dezembro recebemos R$ 800 mil de patrocínio da Fosfértil, depois R$ 1 milhão da MRS e agora essa verba do BNDES", diz o prefeito, afirmando que a captação deverá chegar aos R$ 10 milhões em breve, pois outra empresa já estaria em vias de acertar o apoio.

Os recursos têm sido obtidos pela Organização de Desenvolvimento Cultural e Preservação Ambiental Ama Brasil, através da Lei Rouanet. O museu terá área útil de 3.200 metros. Será construído em frente à estação do Valongo, onde atualmente estão as ruínas de três casarões de 1865. A obra deverá começar no começo do ano e ser concluída até 2012.

"Assinado o contrato com o BNDES, começam os projetos executivos e as licitações para a obra. Pela lei, poderíamos ter começado com 20% da captação feita, mas tomamos a decisão técnica de ter metade do valor depositado em conta, dadas as condições do prédio", disse o prefeito, afirmando que os R$ 10 milhões são suficientes para concluir toda a estrutura externa, com fachada e telhados.

A ideia é conservar a aparência histórica por fora e modernizar a construção por dentro, com alta tecnologia. O projeto prevê um auditório e espaços para exposições itinerantes. O acervo conterá peças já utilizadas em mostras sobre o rei do futebol e outras guardadas na casa de Pelé, no Guarujá.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMuseu PeléBNDESSantos FCPelé

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.