Arquivo/AE
Arquivo/AE

BNDES prepara financiamento para estádios privados

Ministério das Cidades diz que banco já colocou à disposição 75% do valor das obras que custarem até R$ 75 mi

AE, Agencia Estado

08 de outubro de 2009 | 14h17

O ministro das Cidades, Márcio Fortes, informou nesta quinta-feira que o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai montar uma linha de financiamento para os estádios privados que abrigarão os jogos da Copa do Mundo de 2014.

Veja também:

link Exigências da Fifa são exageradas, diz Serra

lista Todas as informações sobre a Copa 2014

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Segundo o ministro, o BNDES já colocou à disposição dos estádios estatais uma linha de financiamento de até 75% do valor das obras que custarem até R$ 75 milhões. "O financiamento para os estádios privados devem ser na mesma linha", disse Fortes, ao participar da cerimônia de divulgação do balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

São três os estádios públicos na lista dos 12 que receberão jogos do Mundial: o Morumbi, na capital paulista, pertencente ao São Paulo, a Arena da Baixada, em Curitiba, de propriedade do Atlético Paranaense, e o Beira Rio, em Porto Alegre, cujo dono é o Internacional.

Além dos estádios públicos e privados, o BNDES deve disponibilizar uma outra linha de crédito, no valor de até R$ 5 bilhões, para financiamento de projetos de mobilidade urbana (metrô, corredor de ônibus) e hospedagem, tudo isso voltado para a Copa de 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.