Boa derrota o ASA e volta a vencer após cinco jogos

Em jogo marcado pelo excesso de cartões amarelos mostrados aos jogadores, o ASA foi derrotado pelo Boa por 1 a 0, atuando em casa, no estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca (AL), nesta terça-feira. A partida foi válida pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 00h21

Com o resultado, o ASA segue na zona de rebaixamento - na 17.ª posição, com 23 pontos. O time alagoano tem um ponto a menos que o Atlético Goianiense, o primeiro fora da zona da degola. O Boa, por sua vez, é o oitavo colocado, com 35 pontos. O time de Nedo Xavier voltou a ganhar depois de ficar cinco jogos sem vencer. Nas últimas rodadas, empatou com Bragantino, Avaí e Sport e perdeu para Chapecoense e Atlético Goianiense.

O árbitro carioca Wagner do Nascimento Magalhães foi um personagem importante. Ainda que não tenha acontecido nenhum lance polêmico, foram mostrados, durante todo o jogo, um total de nove cartões amarelos, sendo cinco para o Boa e quatro para o time mandante.

ASA e Boa fizeram um jogo fraco tecnicamente. Ainda que os dois times tentassem chegar ao ataque, a forte marcação imposta de ambos os lados impossibilitava que a bola chegasse até os atacantes. Sem acionar jogadores dentro da área, coube aos meias arriscarem de fora da área.

Voltando para a segunda etapa, o treinador do ASA, Leandro Campos, mostrou que não tinha gostado do primeiro tempo e gastou as suas três substituições na expectativa de melhorar o seu time e viu surtir efeito somente até os 10 primeiros minutos. Neste período, a equipe cresceu na partida e desperdiçou duas chances claras de gol.

Na base do "quem não faz, toma", o Boa castigou os erros do ASA inaugurando o placar. Marcelinho Paraíba deu um passe açucarado para Luiz Paulo, que ficou na cara do gol e tocou na saída do goleiro aos 11 minutos.

Após o gol, o jogo voltou ao ritmo lento do primeiro tempo. Os jogadores paravam o lance em faltas e o árbitro era obrigado a punir com cartões amarelos. Diante da falta de objetividade, o tempo passou e o resultado ficou de bom tamanho para o Boa.

Pela 24.ª rodada, o ASA volta a campo nesta sexta, às 19h30, para enfrentar, fora de casa, o Icasa, em Juazeiro do Norte (CE). O Boa atuará em casa, em Varginha (MG), contra o Ceará, no sábado, às 16h20.

FICHA TÉCNICA

ASA 0 x 1 BOA

ASA - Gilson (Marcus Vinícius); Maicon (Osmar), Samuel, Tiago Garça e Chiquinho Baiano; Basílio (Kleiton Domingues), Jorginho, Djair e Jeferson Maranhense; Lúcio Maranhão e Diego Clementino. Técnico: Leandro Campos.

BOA - Douglas; Rafinha, Thiago Carvalho, Alex Silva e Crystian; Olívio, Moisés (André Astorga), Petros e Marcelinho Paraíba (Juba); Luiz Paulo (Malaquias) e Fernando Karanga. Técnico: Nedo Xavier.

GOL - Luiz Paulo, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Osmar, Tiago Garça, Jorginho e Djair (ASA); Thiago Carvalho, Alex Silva, Moisés, Luiz Paulo e Fernando Karanga (Boa).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA - R$ 9.602,00.

PÚBLICO - 3.709 pessoas.

LOCAL - Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BASABoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.