Boa derrota o Luverdense de virada por 2 a 1, mas segue na zona de rebaixamento

Na briga direta para fugir da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, Boa e Luverdense se enfrentaram nesta terça-feira no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), pela 15.ª rodada. Mesmo com susto, o time mineiro foi melhor em campo e, no final, conquistou uma importante vitória por 2 a 1 na estreia do técnico Nedo Xavier, que substituiu Moacir Júnior.

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2015 | 22h25

Com o triunfo, o Boa chegou aos 15 pontos, mas ainda segue na zona de rebaixamento. Por outro lado, o Luverdense parou nos 16 e flerta com a zona perigosa na 15.ª colocação.

Os dois times fizeram uma partida bem movimentada. O Boa, como jogava em casa e tentava sair da zona da degola, começou o jogo na pressão e criou as melhores oportunidades da etapa inicial, mas pecou nas finalizações. O Luverdense, por sua vez, trocava passes, mas não oferecia perigo ao gol do time mineiro.

Na segunda etapa, o Boa diminuiu um pouco o ritmo, mas seguia na pressão. Mesmo assim, os donos da casa foram surpreendidos aos 22 minutos, quando Ricardo acertou uma bomba de perna esquerda para fazer um golaço para o Luverdense. Com o susto, o time mineiro reagiu e, no minuto seguinte, o meia Clébson, também com um belo chute, deixou tudo igual.

No apagar das luzes, o Boa foi para o tudo ou nada e conseguiu a vitória. Aos 46 minutos, novamente Clébson. Desta vez, o meia pegou o rebote da defesa do Luverdense e mandou por cima do goleiro Édson para dar números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Boa recebe o Criciúma, na sexta-feira, às 19 horas, novamente no estádio Dilzon Melo, em Varginha. Já o Luverdense encara o líder Botafogo, no sábado, às 16h30, no estádio do Engenhão, no Rio.

FICHA TÉCNICA

BOA 2 x 1 LUVERDENSE

BOA - Andrey; Wendel (Chapinha), Wallace, Raphael Silva e Pirão; Moacir, Alê, Radamés e Clébson; Márcio Diogo (Erick Luis) e Marcelo Nicácio (Pedro Augusto). Técnico: Nedo Xavier.

LUVERDENSE - Edson; Gabriel Passos, Luiz Otávio, Everton e Paulinho; Muralha, Da Matta, Ricardo e Tozin (Luiz Eduardo); Osman (Lucas Fernandes) e Alípio (Rafael Tavares). Técnico: Júnior Rocha.

GOLS - Ricardo, aos 22, e Clébson, aos 23 e aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Erick Luís e Wendel (Boa); Ricardo e Édson (Luverdense).

ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBoaLuverdense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.