Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Boa fase do ataque faz técnico ter 'boa dor de cabeça' no Palmeiras

Atacantes marcaram a maioria dos gols no Brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2015 | 15h16

Até poucas rodadas, o assunto no Palmeiras era a dificuldade que o time tinha para conseguir marcar gols. Críticas em cima dos atacantes era algo comum por parte da imprensa e da torcida. Entretanto, nas últimas rodadas, a equipe tem demonstrado uma grande evolução e a boa fase dos atacantes faz com que o técnico Marcelo Oliveira tenha um grande leque de opções para escalar o time.

Dos 15 gols marcados pelo Palmeiras no Campeonato Brasileiro, 12 foram feitos por atacantes e Alecsandro e Lucas Barrios, que chegaram para “resolver” o problema que tanto atrapalhava a equipe – principalmente nos tempos de Oswaldo de Oliveira – nem marcaram. Leandro Pereira fez quatro, Cristaldo aparece com três, Rafael Marques e Dudu têm dois cada e balançou a rede uma vez, Gabriel Jesus. Completam a lista, com um gol cada, Victor Ramos, Lucas e Egídio.

“Isso é complicado, no bom sentido. É melhor você ter mais atacantes de boa qualidade do que ter carência na posição. Podemos fazer a opção tanto pelo Leandro (Pereira) quanto pelo Barrios. Tem o Cristaldo ainda, que sempre entra bem e pode jogar em outras funções e o Alecsandro, que está voltando de lesão”, lembrou o treinador, que sempre alerta para o fato de escalar o time com coerência.

Leandro Pereira, artilheiro da equipe no Brasileiro, destacou a versatilidade e qualidade do elenco palmeirense. “O momento é bom e ele disse que fica tranquilo em relação ao elenco, porque sabe que, quando um não jogar, o outro vai dar conta do recado. Isso mostra nossa força e que cada vez mais as pessoas que montaram o elenco acertaram”, comentou o atacante.

Além das boas fases de Leandro Pereira e Cristaldo, Marcelo Oliveira ainda tem Lucas Barrios para escalar. O paraguaio chegou ao clube para ser titular e deve entrar na equipe nas próximas rodadas. Além disso, Alecsandro deve voltar nos próximos dias a ser uma opção na frente. 

Após vencer o Santos por 1 a 0 no domingo, com gol de Leandro Pereira, o Palmeiras ganhou dois dias de folga e só retorna aos treinos na quarta-feira pela manhã. Para esse jogo, Marcelo Oliveira não poderá contar com Leandro Almeida, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, Jackson deve ser o substituto.

 

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.