Reuters
Reuters

Boateng exalta Cristiano Ronaldo, mas diz confiar no avanço do Bayern à decisão

"Cristiano é um jogador de classe mundial, seus números goleadores mostram que é difícil pará-lo", afirmou o zagueiro

Estadão Conteúdo

24 de abril de 2018 | 18h26

O zagueiro Jerome Boateng concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira e não economizou elogios ao falar sobre Cristiano Ronaldo, a quem enfrentará no duelo de ida da semifinal da Liga dos Campeões, nesta quarta, às 15h45 (de Brasília), na Alemanha. O defensor, porém, exibiu confiança de que o Bayern de Munique poderá eliminar o Real Madrid e garantir vaga na decisão da competição continental.

+ Confira a tabale do Campeonato Alemão

"Cristiano é um jogador de classe mundial, seus números goleadores mostram que é difícil pará-lo", afirmou o jogador, que depois enfatizou as qualidades do astro português: "É um atleta que não tem fraquezas, marca gols com a perna esquerda, com a perna direita, de cabeça, controla muito bem a bola".

Boateng, entretanto, alertou que não adianta o Bayern se preocupar apenas com Cristiano Ronaldo. "O perigo não é somente ele, mas todo o time do Real Madrid. E como são jogadores que atuam juntos há anos, são muito entrosados e perigosos no contra-ataque. Isso é que faz com que estejam no topo há anos, mas temos condições para poder vencê-los", garantiu.

A possibilidade de triunfar sobre o Real está diretamente ligada ao objetivo de conseguir uma boa vantagem de gols ou pelo menos uma vitória na partida de ida, antes de decidir a vaga na decisão no próximo dia 1º de maio, em Madri. E o holandês Robben deixou claro que é preciso saber aproveitar o fato de estar atuando em Munique.

"Nós estamos prontos e em boa forma. Temos de colocar isso em prática no jogo. Estamos em casa, diante dos nossos torcedores, e este será um bom jogo", afirmou o jogador, em declarações divulgadas pelo site oficial do Bayern que foram endossadas pelo seu parceiro de ataque Thomas Müller. "Nós sabemos que é fazer gols ou morrer", destacou o atacante, que depois reforçou: "Estamos atravessando uma boa fase e estes jogos acontecem na hora certa para nós... Sabemos da qualidade do Real, mas definitivamente precisamos avançar. Temos que querer marcar gols".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.