Boca ainda acredita na classificação

A inesperada derrota diante do Paysandu mexeu com o orgulho do Boca Juniors, mas não acabou com a esperança dos jogadores e do técnico Carlos Bianchi de lutar pelo título da Copa Libertadores da América. "Vamos ganhar no Brasil e trazer a classificação para Buenos Aires", afirmou o volante Cascini.Perder em casa para um adversário que esperavam golear foi um duro golpe para os comandados de Bianchi. Mas o treinador, que antes do jogo destoava da euforia de jogadores e torcedores dizendo que não pensava em goleada, já começou o trabalho psicológico para o jogo de volta."Não fiquei surpreso com a atuação do Paysandu nem com a maneira como eles jogaram. É preciso dizer que o Boca jogou muito mal, isso também pesou. Mas, como eu já tinha dito antes da partida, a decisão seria em Belém qualquer que fosse o resultado aqui. E vamos para lá com chance de conseguir a classificação", avisou Bianchi.O problema é que o Boca terá de fugir de suas características. Como terá de vencer, não poderá jogar fechado e saindo nos contra-ataques, como gosta de fazer fora de casa. Para complicar, o treinador corre o risco de não ter os dois laterais - Clemente Rodriguez, o esquerdo, cumprirá suspensão; Ibarra, o direito, sentiu uma lesão muscular quinta-feira e é dúvida -, que são fundamentais em seu esquema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.