Boca elimina Inter da Sul-Americana

O Internacional tentou, mas não passou de um empate por 0 a 0 em Porto Alegre (RS) nesta quarta-feira à noite com o Boca Juniors (ARG). Este resultado coloca o time argentino na final da Copa Sul-Americana - em Buenos Aires, fez 4 a 2. O adversário sairá nesta quinta-feira do confronto entre a LDU, do Equador, e o Bolívar, da Bolívia.Tevez, reforço do Corinthians e jogador do Boca, nem precisou jogar bem para levar o Boca a mais uma decisão. No primeiro tempo tocou 20 vezes na bola. Fez oito jogadas, mas nenhuma de encantar. Além disso, finalizou mal e não soube aproveitar o espaço dado pela zaga gaúcha. Arriscou três chutes contra o gol de Clemer sem no entanto assustar o goleiro do Inter.O jogo seguiu o mesmo padrão. O Inter até que tomou a iniciativa de ataque. Porém, esbarrou na forte marcação argentina. Salvo uma saída em falso do goleiro Pato Abbondanzieri, o time de Muricy Ramalho também pouco fez para merecer a vitória.No intervalo, Tevez ignorou os repórteres brasileiros. Antes da partida, deu atenção a um jornalista da Fox Sports, que lhe fez a seguinte colocação: "No Brasil você está mais conhecido do que Maradona e Carlos Gardel." A resposta teve pouco de modéstia: "Carlito é sempre Carlito".No segundo tempo, Tevez esteve um pouco melhor, mesmo sem receber tantas bolas. Aos 21 minutos, numa jogada individual pela direita, passou por Wílson e bateu cruzado de pé direito, obrigando Clemer a fazer boa defesa. Um minuto depois, atuando pela esquerda, deixou Schelotto livre na risca da pequena área mas o atacante foi com displicência para a jogada e acabou perdendo uma boa oportunidade.O Inter também melhorou um pouco. Pelo menos criou um número de jogadas ofensivas compatível com suas necessidades, já que precisava de dois gols para levar a decisão para os pênaltis. No entanto, faltou-lhe objetividade e paciência.Muricy ainda tentou melhorar ofensivamente com a troca de Bolivar por Rogério e de Danilo por Rodrigo Paulista. Mas a jogada mais perigosa foi de Tevez, que só não marcou aos 44 porque Clemer salvou no reflexo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.