Boca empata com o Rosário Central na reestréia de Riquelme

Não foi muito feliz a reestréia do meia Juan Román Riquelme pelo Boca Juniors. Neste domingo, o clube empatou com o Rosário Central em 1 a 1, dentro do Estádio La Bombonera, em partida válida pela segunda rodada do Torneio Clausura.Com o resultado, os dois times foram para quatro pontos, com uma vitória e um empate.Riquelme, de 28 anos, assinou com o Boca por apenas quatro meses. O jogador, que atuou pelo clube entre 1996 e 2002, foi contratado principalmente para a disputada da Copa Libertadores - o meia deve receber cerca de US$ 2 milhões (R$ 4,2 milhões).A partida no La Bombonera foi equilibrada. O Boca, que atuou com uma camisa diferente (branca com listras azul) da tradicional, que é amarela e azul, pecou nas conclusões, principalmente com os atacantes Rodrigo Palácio e Martín Palermo.Algumas jogadas de habilidade de Riquelme levantaram a torcida (inclusive Maradona que estava nas tribunas), que praticamente lotou o estádio. No entanto, o meia acabou sofrendo com o desentrosamento - o técnico Miguel Angel Russo terá de orientá-lo melhor dentro de campo.O gol do Rosário foi marcado pelo atacante Emilio Zelaya, que aproveitou a falha da marcação para cabecear e balançar a rede aos 38 minutos do primeiro tempo. O empate só saiu aos 9 minutos da etapa complementar. Após cobrança de escanteio, Palácio completou e fez a festa com a torcida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.