Luis Acosta/AFP
Luis Acosta/AFP

Boca Juniors arranca empate na Colômbia e sobrevive na Libertadores

Argentinos ficam no 1 a 1 com o Junior Barranquilla e mantêm chances de classificação no grupo do Palmeiras

Estadão Conteúdo

02 Maio 2018 | 23h34

O Boca Juniors por pouco foi eliminado logo na fase de grupos da Copa Libertadores. Uma derrota para o Junior Barranquilla, nesta quinta-feira, na Colômbia, pela quinta e penúltima rodada do Grupo H, seria o fim da linha, mas o time argentino arrancou um empate por 1 a 1 que o mantém vivo na luta por uma vaga às oitavas de final da competição.

+ Corinthians é surpreendido em casa e perde para o Independiente

+ Cruzeiro goleia em São Januário e acaba com chances do Vasco na Libertadores

O meia Carlos Ruiz, do Junior Barranquilla, foi o destaque da partida. No primeiro tempo, marcou para o seu time em um rebote da cobrança de pênalti que desperdiçou. Mas na segunda etapa fez contra e ajudou o Boca Juniors, que não dependerá de suas forças na última rodada.

Agora com seis pontos, o Boca Juniors segue na terceira colocação da chave. Tem um ponto a menos que o Junior Barranquilla. O líder Palmeiras, com 10, já está classificado e joga nesta quinta-feira contra o lanterna Alianza Lima, no Peru.

No próximo dia 16, os argentinos receberão os peruanos e os colombianos viajarão ao Brasil para encararem o Palmeiras. O Boca Juniors precisa vencer e torcer para os brasileiros não perderem para o Junior Barranquilla.

Pelo Grupo C, o Atlético Tucumán recebeu o Peñarol, na Argentina, e venceu por 1 a 0, pela quinta rodada. Com nove pontos, o time argentino se igualou ao Libertad na liderança. Os uruguaios estão em terceiro, com seis. Nesta quinta-feira, a equipe paraguaia jogará em La Paz contra o The Strongest, lanterna com três pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.