Boca Juniors é campeão da Sul-Americana

O Boca Juniors confirmou o favoritismo, reverteu a vantagem do Bolívar ao derrotar o adversário por 2 a 0 e conquistou o título da 3ª edição da Copa Sul-Americana nesta sexta-feira, no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires. Palermo abriu o placar aos 14 e Tevez ampliou aos 27 minutos do primeiro tempo para delírio de um ilustre torcedor: Diego Armando Maradona, que cantou e pulou durante toda a partida.O time boliviano havia vencido o primeiro confronto da decisão e precisava apenas de um empate para levar a taça, mas parou no forte contra-ataque do time argentino em noite inspirada do atacante Tevez, que fez sua última partida com a camisa do clube. Na segunda-feira ele é esperado no Parque São Jorge, sede de seu futuro time, o Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.