Boca Juniors perde, mas conquista o Campeonato Argentino

Equipe foi superada por 1 a 0 pelo Tigre em Buenos Aires e ficou com o título da competição no saldo de gols

Agencia Estado

23 de dezembro de 2008 | 22h45

O Boca Juniors conquistou o título do Torneio Apertura, do Campeonato Argentino, nesta terça-feira, em Buenos Aires, apesar de ser derrotado por 1 a 0 pelo Tigre na última partida do triangular final da competição. O Boca poderia perder por até um gol de diferença para garantir o troféu. Foi o 23.º título argentino do time.  Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Sem os meias Riquelme e Vargas, suspensos, e o zagueiro Forlín, machucado, o Boca Juniors não se acomodou com a vantagem e partiu para cima do adversário. Com maior volume de jogo, a equipe dominou o primeiro tempo do confronto. O Tigre ameaçou apenas no final da etapa com jogada de Moréu, que bateu forte de fora da área, aos 45 minutos. Mais nervoso em campo, o Tigre tinha dificuldade para jogar na segunda etapa. As poucas investidas paravam na sólida defesa do rival. O Boca, por sua vez, avançava sem obstáculos no campo do adversário. Battaglia, aos 17, e Viatre, aos 21, em um chute rasteiro à esquerda do goleiro, desperdiçaram boas oportunidades. Apesar das ameaças do Boca, foi o Tigre quem abriu o placar. Aos 22, Lazzaro escorou cruzamento da esquerda e contou com a saída equivocada do goleiro García para colocar, de cabeça, o Tigre na frente. A vantagem, no entanto, não foi suficiente para tirar o título do Boca. Motivado pelo gol, o Tigre tentou pressionar o Boca, mas seguia com limitações na armação das jogadas e insistindo nas tentativas pela direita. Do outro lado, o Boca catimbava e ainda arriscava o empate com investidas de Palacios, que entrou no segundo tempo. Na defesa, o goleiro Ayala, que substituiu o instável García, garantiu o título do Boca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.