Divulgação/Boca Juniors
Divulgação/Boca Juniors

Boca Juniors revela três casos positivos de coronavírus no elenco

Meia Iván Marcone, o atacante Walter Bou e o goleiro Agustín Lastra passam bem e estão em isolamento

Redação, Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2020 | 14h22

A direção do Boca Juniors revelou nesta quarta-feira que três jogadores testaram positivo para o novo coronavírus. De acordo com o clube argentino, que pode vir a enfrentar rivais brasileiros no mata-mata da Copa Libertadores, o meia Iván Marcone, o atacante Walter Bou e o goleiro Agustín Lastra passam bem e já foram isolados.

O trio vinha treinando normalmente com o restante do elenco desde o dia 10 de agosto, quando as atividades do clube foram retomadas. No entanto, foram colocados em quarentena assim que o teste para covid-19 apresentou resultado positivo.

O clube já realizou pouco mais de 300 exames em 217 pessoas, entre jogadores, membros da comissão técnica, departamento médico e funcionários das áreas administrativas. No total, 11 testaram positivo, cerca de 5% do total, e todos assintomáticos, segundo a direção do time argentino.

O Boca informou também que vai afastar dos treinos os jogadores que tiveram contato com aqueles que testaram positivo. Antes do trio ser infectado, o time teve o primeiro caso positivo antes da retomada dos treinos, com o meia Agustín Almendra.

Neste mês, as autoridades da Argentina autorizaram o retorno dos times da primeira divisão aos treinos, porém seguindo cuidados de higiene. O futebol argentino estava paralisado desde a metade de março em razão da pandemia, que já infectou 306 mil pessoas, com registro de 6 mil mortos.

A Argentina foi um dos últimos países da América do Sul a retornar às atividades esportivas em meio à pandemia de coronavírus. A Associação de Futebol Argentino (AFA) ainda não confirmou a data de retorno dos jogos oficiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.