Boca Juniors saca Martínez e arma 4-5-1 para pegar Corinthians

BUENOS AIRES - O Boca Juniors realizou na manhã desta segunda-feira o seu primeiro treino da semana visando o confronto desta quarta, diante do Corinthians, às 22 horas, no Pacaembu, e o técnico Carlos Bianchi deu sinais de que irá armar uma forte retranca para defender a vantagem de 1 a 0 conquistada no duelo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

AE, Agência Estado

13 de maio de 2013 | 14h52

Na atividade, o treinador resolveu sacar o ex-corintiano Martínez do ataque e escalar a equipe no esquema 4-5-1, apenas com Blandi na frente. Desta forma, o meio-campo foi escalado com Erbes, Somoza, Erviti, Sánchez Miño e Riquelme, que ficou fora do jogo de ida do mata-mata, em Buenos Aires, por ainda estar se recuperando de lesão.

Riquelme, por sinal, treinou normalmente nesta segunda e mostrou que está em boas condições para encarar o Corinthians. O lateral-esquerdo Clemente, recuperado de uma lesão na perna direita, também participou da atividade e deve ser confirmado na formação titular por Bianchi.

No treino desta segunda-feira, os jogadores do Boca simularam situações de jogo em campo reduzido e com exercício de toques sob pressão na marcação, ensaiando o que deverá ser a tônica do desenho tático armado para tentar neutralizar o time corintiano. E, caso confirme o time treinado nas antevéspera do confronto, Bianchi deve mandar a equipe argentina a campo nesta quarta com Orion; Marín, Caruzzo, Burdisso e Clemente; Erbes, Somoza, Erviti, Sánchez Mino e Riquelme; Blandi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.