Eitan Abramovich/AFP
Eitan Abramovich/AFP

Boca Juniors vence e se aproxima do Palmeiras em grupo da Libertadores

Equipe argentina chega aos quatro pontos com vitória por 1 a 0 sobre o Junior Barranquilla

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2018 | 00h22

Um dos times que mais investiu para esta Copa Libertadores, o Boca Juniors venceu a primeira no Grupo H e encostou no líder Palmeiras, na noite desta quarta-feira. Jogando em casa, em Buenos Aires, o Boca venceu o Junior Barranquilla por 1 a 0, recuperando-se do empate sem gols com o Alianza Lima, no Peru, na estreia.

+ Cruzeiro e Vasco empatam e conquistam 1º ponto na Libertadores

+ Grêmio goleia Monagas em casa e fatura 1ª vitória na Libertadores

O único gol da partida saiu aos 28 minutos do primeiro tempo, quando Cristian Pavon recebeu pela esquerda, mas cortou para dentro e bateu de direita, no canto. O gol levou o Boca aos quatro pontos na chave, com dois a menos que o Palmeiras, único do grupo com 100% de aproveitamento até agora.

Derrotado pelo time brasileiro por 2 a 0, na terça-feira, o Alianza Lima segue na terceira colocação do Grupo H, com apenas um ponto. O Junior Barranquilla, da Colômbia, segue sem pontuar, na quarta e última posição.

Na próxima rodada, os dois primeiros colocados da chave vão se enfrentar no Allianz Parque, em São Paulo, na quarta-feira da próxima semana. Alianza Lima e Junior duelarão no dia 19.

Ainda nesta noite, pelo Grupo C, o tradicional Peñarol bateu o Atlético Tucumán por 3 a 1 - curiosamente, os dois times integraram o mesmo grupo do Palmeiras na Libertadores do ano passado.

Cristian "Cebola" Rodriguez, que já teve passagem pelo Grêmio, abriu o placar em Montevidéu em cobrança de pênalti, aos 11 minutos de jogo. Na segunda etapa, aos 5, Guillermo Acosta ampliou de falta - a bola desviou no meio da trajetória e enganou o goleiro.

O Atlético Tucumán, da Argentina, descontou aos 20, em nova penalidade, convertida por Luis Miguel Rodriguez. Mas, aos 38, o Peñarol aproveitou vacilo da defesa do rival para sacramentar a vitória.

Um erro na saída de bola deixou a bola com o ataque uruguaio. Cristian Palacios driblou o goleiro, pela direita, mas, sem ângulo, cruzou rasteiro para a pequena área. Rodrigo Rojo, sem qualquer marcação, só escorou para as redes, finalizando o duelo.

Com o resultado, o Peñarol chegou aos três primeiros pontos no Grupo C, desbancando o The Strongest da segunda posição da chave. O time boliviano tem a mesma pontuação, porém com saldo de gols inferior. O líder é o Libertad, com seis. E o Tucumán continua sem pontuar, na quarta e última colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.