Boca não paga, mas time aceita viajar

Apesar de a direção do Boca Juniors ainda não ter pago as dívidas com os jogadores, o elenco do time argentino resolveu viajar nesta terça-feira para São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras, amanhã, pelas semifinais da Libertadores. Na segunda-feira, os atletas protestaram por não terem recebido o dinheiro de alguns prêmios e se recusaram a embarcar para o Brasil como estava previsto.Nesta terça-feira, os jogadores se reuniram com o gerente financeiro do Boca, Miguel Macchi, para discutir o pagamento da dívida, que é de cerca de US$ 5 milhões. Depois disso, o elenco anunciou que viajará à tarde. Nesta manhã, o time ainda treinou em Buenos Aires.Depois do empate em 2 a 2 no primeiro jogo das semifinais, semana passada, em Buenos Aires, Palmeiras e Boca se enfrentam nesta quarta-feira, no Palestra Itália, para definir quem irá disputar a final da Libertadores. Quem vencer fica com a vaga e novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Agencia Estado,

12 de junho de 2001 | 11h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.