Boca oferece cargo para Maradona

O Boca Juniors decidiu oferecer o cargo de diretor das categorias de base do clube ao astro Diego Maradona. O ex-jogador argentino ainda não revelou se aceita o convite. Recuperado do vício das drogas, depois de ficar anos se tratando em Cuba, e bem mais magro, por ter feito cirurgia para redução do estômago em março passado, Maradona manifestou o interesse em voltar a trabalhar com o futebol. E o Boca Juniors, seu clube do coração e onde ele é o maior ídolo, acenou com a possibilidade de contratá-lo. Faltava apenas definir qual cargo ele teria, o que foi feito nesta sexta-feira. ?Decidimos oferecer o cargo de diretor-geral de futebol amador a Diego Maradona a partir de 1º de julho ou 1º de agosto, quando ele puder começar?, explicou o presidente do clube, Mauricio Macri. Segundo o dirigente, a principal função de Maradona será buscar e formar novos talentos para o Boca. O ex-jogador não trabalha diretamente com futebol desde 1997, quando encerrou a carreira justamente no Boca. Antes, teve curta experiência como treinador, em 94, no Mandiyú e no Racing, ambos da Argentina.

Agencia Estado,

29 Abril 2005 | 15h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.