Boca vence San Lorenzo e fica perto do título argentino

Para ser campeão nacional, time pode perder por até um gol de diferença na terça-feira para o Tigres

AE, Agencia Estado

20 de dezembro de 2008 | 21h10

Natacha Pisarenko/APJogadores do Boca Juniors comemoram o terceiro gol na partida deste sábado, contra o San LorenzoBUENOS AIRES - O Boca Juniors venceu o San Lorenzo por 3 a 1, neste sábado, e ficou muito perto de conquistar o título do Torneio Apertura do Campeonato Argentino. Com a vitória, a equipe está em vantagem no triangular decisivo, e pode até perder o jogo contra o Tigre por um gol de diferença, na próxima terça-feira. Além disso, acabou por eliminar o San Lorenzo da disputa.O confronto deste sábado foi realizado em campo neutro, no estádio do Racing, em Avellaneda. As equipes disputam o triangular decisivo por causa de um empate ao final da fase de classificação, em que Boca Juniors, San Lorenzo e Tigre terminaram com 39 pontos. Na próxima terça, a partida entre Boca e Tigre será realizada no mesmo local.No jogo deste sábado, o Boca saiu na frente com o gol de Viatri, aos 49 minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio. A etapa inicial teve sete minutos de acréscimos, devido ao choque entre o zagueiro Forlin, do Boca, e o atacante Silvera, do San Lorenzo. Os jogadores tiveram de receber uma imobilização no pescoço e foram levados a um hospital local para observação. No segundo tempo, o San Lorenzo voltou disposto a buscar o empate e conseguiu aos 15 minutos, quando Solari arriscou um chute despretensioso de fora da área e o goleiro do Boca falhou, deixando a bola passar por entre as pernas. Mas o Boca Juniors foi para cima logo após sofrer o gol acabou fazendo 2 a 1 aos 31, com o atacante Palacio, após contra-ataque rápido.A desvantagem no placar fez o San Lorenzo se desconcentrar na partida e ter dois jogadores expulsos. Aguirre e Bergessio levaram o segundo cartão amarelo e deixaram sua equipe com nove jogadores. Já nos acréscimos, o Boca acabou com as esperanças do adversário de conquistar título, quando Chávez fez o terceiro.Na próxima terça-feira, Boca Juniors e Tigre jogarão novamente no estádio do Racing, mas o Boca não poderá contar com o ídolo Riquelme, suspenso. Com o Tigre precisando da vitória por mais de um gol de diferença, ao menos a equipe tem a motivação de ter vencido o Boca na fase de classificação. Em 21 de setembro, o Tigre triunfou por 3 a 2, mesmo jogando em La Bombonera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.