Bola parada e contra-ataque, armas do Santos na Argentina

O Santos, com 100% de aproveitamento, 11 gols marcados e nenhum sofrido nos cinco jogos da Copa Libertadores da América, é o favorito contra o Gimnasia y Esgrima, nesta quinta-feira, às 19 horas (de Brasília), em La Plata, na Argentina.Com uma vitória, o time de Vanderlei Luxemburgo somará 12 pontos e não apenas ficará muito perto da classificação às oitavas-de-final como também pode levar vantagem nas próximas etapas se conseguir ser um dos melhores desta fase.Luxemburgo assistiu ao último jogo do Gimnasia (foi derrotado por 5 a 1 pelo Boca Juniors) mas não se ilude. "Vai ser complicado porque esse será o jogo da sobrevivência deles na Libertadores. Como estão com três pontos, ganhando do Santos vão a seis e ainda terão possibilidades de classificação. Jogando em casa, o Gimnasia deve forçar jogadas em velocidade em cima da nossa zaga", ressaltou Luxemburgo.Para o técnico, as características do campo do Estádio Ciudad de La Plata são favoráveis ao estilo de jogo do seu time. "O gramado fica afastado do alambrado e é grande. Com os jogadores velozes que temos, o contra-ataque pode ser uma arma. Se não tomarmos gol, ficamos muito perto da vitória porque o nosso time tem um forte potencial ofensivo e cria muitas oportunidades", afirma Luxemburgo.O clima da Libertadores contagia alguns jogadores santistas. O mais empolgado com a com petição é o veterano zagueiro Antonio Carlos. "Esse para mim é o verdadeiro futebol. Disputado, com forte marcação e aplicação durante os 90 minutos. São partidas assim que o torcedor gosta de ver", afirma numa clara referência à maneira diferenciada dos juízes atuarem, não parando as jogada por causa de trombadas de jogadores ou de simulações.El Tanque para sair da criseO Gimnasia La Plata está em crise, depois de duas derrotas seguidas, e mudará oito jogadores para enfrentar o Santos. Na partida da Vila Belmiro, o clube resolveu poupar seus titulares para enfrentar o Boca Juniors e acabou perdendo os jogos ogos em Santos por 3 a 0 e em Buenos Aires por 5 a 1.Depois disso, o técnico do Gimnasia, Pedro Troglio, resolveu mudar completamente a equipe e vai apostar em jogadores ofensivos, como o atacante Santiago Silva, no lugar do meia Sergio Leal. O atacante, conhecido como ?El Tanque?, teve uma passagem rápida e apagada pelo Corinthians, em 2002.?Só nos interessa vencer a partida, mas devemos manter a tranqüilidade?, disse Troglio, que recebeu apoio da diretoria do clube após a derrota para o Boca Juniors, apesar dos boatos sobre sua demissão. O presidente Juan José Muñoz disse que ?a prestação de contas será feira ao final do contrato do treinador [em 30 de junho] e não agora?.GIMNASIA Y ESGRIMA X SANTOSGimnasia y Esgrima - Carlos Kletnicki; Germán Basualdo, Gustavo Semino, Lucas Landa, Daniel Romero, Ignacio Piatti, Reinaldo Alderete, Antonio Pacheco Sebastián Dubarbier, Antonio Pierguidi e Santiago Silva. Técnico: Pedro Troglio.Santos - Fábio Costa; Adailton, Antonio Carlos e Leonardo; Denis, Rodrigo Souto, Zé Roberto, Cleber Santana e Kleber; Marcos Aurélio e Rodrigo Tiuí. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Árbitro - Roberto Silvera (URU). Horário - 19 horas (de Brasília). Local - Estádio Ciudad de La Plata, em La Plata, Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.