TV Inter/Reprodução
TV Inter/Reprodução

Bola parada vai trazer vitórias para o Inter, afirma o técnico Odair Hellmann

Colorado conseguiu vitória pelo alto diante do Atibaia, em jogo-treino

Estadão Conteúdo

08 Julho 2018 | 19h26

O técnico Odair Hellmann afirmou que as jogadas de bola parada são uma arma importante do Internacional para vencer as partidas no segundo semestre. Foi em uma jogada desse tipo que o time gaúcho venceu o Atibaia por 2 a 1, em jogo-treino neste domingo, no hotel que a delegação está hospedada na cidade do interior de São Paulo.

+ Inter confirma contratação do meia argentino Sarrafiore

"O mundo inteiro está ganhando os jogos em bola parada. Estamos vendo isso na Copa do Mundo. Entre 65% e 70% das partidas estão sendo definidas em bola parada. E estamos falando dos jogadores do mais alto nível técnico, que têm dificuldades para construir as jogadas, abrir o placar e criar os gols de bola rolando. A bola parada é uma arma", discorreu o treinador.

No início do jogo-treino, o zagueiro Danilo Silva completou escanteio da direita e abriu o placar para o Internacional. O segundo gol saiu em jogada pelo lado esquerdo. Juan Alano recebeu dentro da área e chutou colocado. O Atibaia descontou no final, com gol contra do zagueiro Gabriel Silva.

Odair Hellmann afirmou que tem treinado todas as situações de jogo, mas que a bola parada vai levar a equipe às vitórias em muitas ocasiões. "Das cinco fases da partida, a bola parada é só uma delas: organização ofensiva, defensiva, as duas transições e a bola parada. Eu trabalho todas as fases do jogo. E temos poder muito grande na bola parada ofensiva. Vamos continuar trabalhando porque vai trazer vitórias para a gente".

Sobre o jogo-treino e o amistoso marcado para esta sexta-feira, o último antes do retorno do time às competições oficiais, o técnico afirmou que o resultado importa pouco, mas que tem espírito vencedor. "Eu quero ganhar sempre. Se jogar par ou ímpar, eu quero ganhar. Mas o resultado dessas atividades não vai nos tirar três pontos ou nos dar três pontos. Serve para visualizar aquilo que trabalhamos nos treinos, corrigir o que precisa, evoluir em alguns aspectos e reafirmar aquilo que vimos fazendo bem".

Na intertemporada em Atibaia, as atividades coletivas do grupo colorado têm sido desfalcadas do meia argentino D'Alessandro, do atacante Leandro Damião e do zagueiro Rodrigo Moledo, que apresentaram problemas físicos no início da preparação.

Por outro lado, o lateral-direito Zeca tem trabalhado normalmente. Apesar de ele ter sido aproveitado a maior parte do jogo-treino no meio de campo, o jogador será usado na ala nas partidas oficiais por Odair Hellmann.

O Internacional volta às competições no próximo dia 19 contra o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gaúchos estão na quarta posição, com 22 pontos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.