Lucas Uebel|Divulgação
Lucas Uebel|Divulgação

Bolaños treina e deve ser reserva do Grêmio contra o Toluca

Equatoriano participa normalmente de treinamento da equipe

Estadão Conteúdo

17 de abril de 2016 | 16h44

Sem jogar desde o clássico contra o Internacional, no dia 6 de março, quando levou uma cotovelada do colorado William, o equatoriano Miller Bolaños pode voltar a campo na próxima terça-feira. Ele treinou normalmente com o elenco do Grêmio neste domingo, mas ficou no time reserva.

O clube tricolor não tem jogo neste fim de semana. Visitou a LDU na quarta-feira, pela Libertadores, e volta a atuar pela competição continental na terça-feira à noite, contra o Toluca, em casa. Pelo Gaúcho, o Grêmio joga na quinta-feira, contra o Juventude.

Por isso, o domingo foi dia normal no CT Luiz Carvalho. O treino foi intenso, debaixo de forte sol, e o técnico Roger Machado esboçou o time titular: Marcelo Grohe; Ramiro, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas e Luan; Bobô.

Bolaños ficou um mês e meio afastado porque a cotovelada de William proporcionou uma fratura na mandíbula do atacante equatoriano, que estava apenas no seu segundo jogo pelo Grêmio. Ele estreou diante da LDU, pela segunda rodada da Libertadores. Marcou um gol naquela partida e encantou a torcida.

Tudo o que sabemos sobre:
GrêmioFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.