Bolatti vê evolução e diz que Botafogo brigará pelo G4

A parada para a Copa do Mundo ocorreu em um momento de ascensão do elenco do Botafogo, segundo o volante Bolatti. De acordo com o argentino, por mais que o time não estivesse conseguindo bons resultados sempre, a maneira de atuar já demonstrava sinais de uma campanha vencedora. E, com os treinamentos intensivos nesta pausa, ele acredita que a equipe possa figurar no G4 do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

20 de junho de 2014 | 18h57

"Foi um grande período. Os resultados não acompanharam um pouco, mas mudamos muito e começamos a ver um Botafogo mais participativo nos jogos. Acho que se continuarmos desse jeito o resultado vai chegar logo. Me sinto bem dentro do time e acho que aqui todos têm a confiança do treinador para fazer grandes jogos e brigar por uma vaga na equipe. O principal objetivo de todos aqui é chegar entre os quatro primeiros colocados", analisou.

Aos 29 anos, o jogador acumula passagens pelo futebol europeu e por outros grandes times, como o Internacional. Mais experiente, ele joga em uma das posições mais concorridas no atual elenco e não vê problemas em recentemente ter ganhado a companhia de Edílson, lateral-direito improvisado no meio pelo treinador Vagner Mancini.

"Ele é um jogador fisicamente com características que dá para jogar no meio. É muito potente, tem muita velocidade, sabe jogar com a bola nos pés e tem um bom chute de fora da área, o que pode ajudar o grupo", elogiou Bolatti.

Para a 10.ª rodada do Brasileirão, o time alvinegro volta na 14.ª colocação, com 9 pontos. Na reestreia, no dia 16 de julho, a equipe viaja para o Recife, onde enfrenta o Sport, no estádio da Ilha do Retiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoBolatti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.